Make your own free website on Tripod.com

ORNI EX

Como planear o seu aquário

Como primeiro passo, esquematize o seu aquário, tendo em vista a sua forma, tamanho e decoração. Para isso, aconselhámo-lo a ler, com atenção, todas as informações que lhe proporcionamos até ao ponto 3. Em princípio, como regra, entendemos que:

"Quanto maior for o aquário, melhor será a sua estabilidade biológica e mais simples se torna a sua manutenção".

 

aquários em diversas formasO tamanho do aquário
O tamanho do aquário que você necessita, será determinado por uma série de factores. Entre eles, a quantidade e tamanho dos peixes e das plantas que deseja e, o que é muito importante, o espaço que tem disponível no seu lar.

Como mínimo, é aconselhável um aquário com 60 cm de largura, 35 cm de altura e 35 cm de profundidade. Como já foi referido, aquários grandes são mais fáceis de cuidar. Contudo, este pequeno aquário, pode ser bem mantido, logicamente, com maiores esforços.

Que espaço necessita um peixe?
Você fará um cálculo generoso, se atribuir um litro de água por cada cm de peixe adulto. Alguns peixes mais, para além dos previstos no cálculo, não causarão nenhum problema quando o aquário estiver amadurecido biologicamente. Contudo, os peixes que escolher, têm que ser pacíficos e harmónicos entre si.

A forma do aquário
Os aquários podem ter variadas formas. A sua base pode ser circular, octogonal, triangular, etc.. A base rectangular é, de todas as formas, a de maior êxito. Deixe as outras formas para os especialistas e para quem precise de uma ocupação, permanentemente. No mercado deste ramo, encontrará aquários de todas as formas e tamanhos.

 

A construção do aquário
Seja qual for o modelo pelo qual se decida, apesar da segurança ser hoje um elemento levado em conta, nunca será demais verificar, conscienciosamente, o aquário escolhido. A superfície dos vidros deverá estar limpa até à borda da massa aderente e a sua espessura deverá acompanhar o tamanho do aquário. Compare vários tamanhos e, uma vez escolhido, para maior segurança, encha-o com água e deixe-o 2 ou 3 dias, antes de começar a sua decoração.

Os materiais

Aquários com armação em alumínio.
Este tipo de aquário é completamente seguro, com as arestas limitadas por uma moldura, estável, em alumínio e os vidros assentes e fixos com silicone. Esta construção é segura contra golpes e os seus vidros podem ser um pouco mais finos, sem qualquer prejuízo.

Aquários de vidro, sem moldura.
Não necessitam de armação e, apesar disso, são seguros. Importante é, somente, a espessura dos vidros, o acabamento do trabalho e a qualidade do material de fixação.

Aquários, parcialmente, enquadrados.
Estão providos de duas molduras de alumínio, independentes uma da outra, uma em baixo e outra por cima. Esta variante é muito estável e decorativa. Certifique-se que cada moldura é uma unidade sólida e não uma aresta decorativa fixada ao vidro.

Aquários de vidro, de uma só peça.
São muito delicados perante as mudanças de temperatura, já que se encontram, constantemente, debaixo de tensão. A sua capacidade não deverá exceder os 20 litros. Com maior capacidade, tornam-se frágeis. Podem usar-se para quarentenas ou para desenvolver peixes, ainda, bebés.

Aquários em montras ou móveis.
Nas montras ou móveis, arranja-se sempre espaço para esconder os acessórios. Não são baratos, mas são práticos e decorativos, especialmente se procurarmos os que se adaptem à decoração e ao restante mobiliário.

O custo da aquariofilia.
Um aquário é mais barato que o custo e a manutenção de um cão. Os equipamentos mais simples são baratos, mas requerem mais atenções. Assim, é recomendável procurar um equipamento de preço médio, assegurando-se que a sua qualidade seja, realmente, superior aos mais baratos.

A primeira limpeza e localização.

a) Higiene

Limpe o aquário, conscienciosamente, com uma esponja dura e evite o uso de detergentes. Faça uma limpeza prévia com sera pH-minus e em seguida, enxugue-o cuidadosamente.

b) Localização

Escolha o local para o seu aquário, definitivamente, antes de o encher. Depois de cheio ficará muito pesado. Como exemplo: um aquário com capacidade para 100 litros, depois de cheio, pesará cerca de 150 kg.

sera - pH menosUma janela ou a sua proximidade, não são o local adequado para um aquário.

Muitos factores nocivos para o equilíbrio do mesmo, como: mudanças bruscas de temperatura, que prejudicam os peixes e as plantas; excesso de luz, que estimula o crescimento de algas maléficas; a transparência dos peixes, que deixa atravessar a luz de fundo e prejudica o seu colorido, tornando-os muito mais pálidos do que realmente são; a irritação dos peixes, causada por uma iluminação atípica, que não vem de cima, como nas águas naturais, mas de lado e provoca mudanças de comportamento, etc., etc..

O suporte.
Uma das coisas piores para um aquário, são as posições inclinadas ou instáveis. Por isso, recomenda-se o uso de um nível, para ajustar a sua posição horizontal. Um suporte desnivelado, provoca a distribuição irregular do peso e com isto tensões, que podem levar à ruptura dos vidros. O melhor, para evitar tensões, uma vez nivelado o suporte, é aplicar uma prancha de poliestireno (esfrovite) expandido entre o suporte e o aquário.

Energia Eléctrica.
Instale perto do local que escolheu para instalar o aquário, uma ou mais tomadas, já que vai precisar de ligar alguns acessórios eléctricos que lhe indicaremos mais à frente.


capítulo 1 Voltar ao índice capítulo 3

 

 

Mapa Completo do Site