Make your own free website on Tripod.com

 

Construção de uma "Lua" artificial


Na reprodução de alguns peixes, com especial incidência no caso dos discos. o cuidado com as crias na hora em que nosso sistema de iluminação está desligado pode ser um problema. Os peixes ao não poderem ver suas crias ou ovos podem sofrer certo nervosismo que pode levá-los a acabar com toda a criação. Se pensamos bem, na natureza, durante a noite há a iluminação proporcionada pela lua, em nossas casas, a disposição do aquário, persianas, cortinas, etc., impedem que esta luz chegue até o aquário, deixando-o na mais total obscuridade e provocando stress em nossos peixes.

A solução mais fácil é colocar próximo do aquário algum tipo de lâmpada de baixa potência, que possibilite certa claridade. Neste caso 25 Watts de uma lâmpada normal ou 40 Watts de uma lâmpada azul são mais que suficientes (esta última me parece ser mais estética). Se precisamos da iluminação "lunar" eventualmente, esta quem sabe será a melhor opção, porém quando isto é para um aquário de criação, será incômodo.

A idéia, portanto, é incorporar e automatizar estas questões em nosso aquário, não apenas no aquário de criação, mas também em nosso aquário principal, diminuindo o stress de todos os peixes.

Partiremos da idéia que nosso aquário possui uma calha de iluminação que não deve estar "cheia" com as lâmpadas fluorescentes, já que devido às medidas das lâmpadas e reatores, sempre sobra algum espaço.

a seguir veja como colocar uma lâmpada azul em seu aquário e desfrutar da iluminação "lunar" durante a noite.

Utilizaremos os seguintes materiais:

- 2 lâmpadas de 7 watts azuis (encontradas em qualquer loja de materiais elétricos)
- 2 portalâmpadas de plástico para as lâmpadas.
- 4 parafusos com porca, para fixar os portalâmpadas
- Cabo de ligação com comprimento aproximadamente de 2 vezes o comprimento do aquário + o necessário para chegar da calha até a tomada
- Plugue macho
- Timer programador (opcional)

O custo total dos materiais é bastante baixo, a única parte mais cara é o timer que apesar de ser muito cômodo, é ainda um pouco caro. Caso não queira comprar um, você pode ligar as luzes azuis antes de apagar a iluminação principal do aquário, à noite.

A primeira coisa a fazer é abrir a calha de iluminação e buscar um local apropriado para a montagem. O local é uma questão de gosto, mas o mais adequado é que seja nas extremidades ou no centro, assegurando-se uma iluminação o mais uniforme possível.

Normalmente o tubo fluorescente ocupa a parte central, assim como o starter e o reator, o que normalmente deixa as extremidades livres para a colocação das lâmpadas azuis. Antes de iniciar a instalação, teremos que ver como faremos a distribuição dos cabos, evitando a proximidade com zonas quentes como o reator. Fixaremos os fios e o faremos sair pelo mesmo furo por onde saem os fios da calha. Feito isto, instalaremos os 2 suportes para as lâmpadas.

Conectamos um portalâmpadas ao cabo, fazemos os furos e o fixamos à chapa da calha. Faremos o mesmo com o outro suporte e os ligaremos em paralelo e o passaremos pelo furo para fora colocando um plugue macho em sua extremidade.

Agora podemos optar entre ligar o plugue ao timer ou então utilizar um interruptor de abajur para ligar e desligar as lâmpadas.

No meu caso fiz com que as lâmpadas azuis se acendam 15 minutos antes que a iluminação principal se apague e que ela se desligue 15 minutos depois que a iluminação principal é ligada pela manhã.

Para facilitar aqui estão algumas fotos da instalação:

MELHORIAS E PRECAUÇÕES:

- As lâmpadas de 7 Watts que usamos não geram muito calor, porém é aconselhável montá-las a uma certa distância das lâmpadas fluorescentes, para evitar que os suportes plásticos sejam danificados. Deixe funcionando pela primeira vez durante o dia para certificar-se que o local é adequado. Se utilizar uma única lâmpada de 4 Watts colocada no centro da calha, tenha em conta que esta esquenta bem mais que as de 7 Watts.

- Se a iluminação se espalha em demasia e você prefere concentrar a iluminação em uma zona determinada, pode pintar com branquinho a superfície da lâmpada, deixá-lo secar e ligar. Pode ser que solte um pouco de fumo na primeira vez, mas não se preocupe, depois estabiliza e não solta mais.

- O mais indicado é utilizar luz azul,pois outras cores não são adequadas.

- Para fixar os fios por dentro da calha pode ser utilizada a cola de silicone para aquários e também aplicar um pouco sobre os contatos dos suportes para selá-los e evitar que enferrujem.

 

Mapa Completo do Site