Make your own free website on Tripod.com

ORNI EX

O pulmão verde da natureza subaquática

As plantas não podem faltar
As plantas não são só importantes no equilíbrio biológico do aquário. Elas também prestam beleza à atmosfera do mundo aquático.

As bactérias do fundo e as plantas, actuam conjuntamente como um filtro eficiente.

As bactérias decompõem as substâncias azotadas e transformam-nas em substâncias assimiláveis, que as plantas aproveitam para o seu crescimento, contribuindo para purificar a água.

Plantas  no aquário O aquário

Outra função importante das plantas, é a de oferecer esconderijos para os peixes. Estes servem de protecção aos mais pequenos, contra a voracidade dos adultos.

Com a ajuda da luz, as plantas são uma fonte importante de oxigénio no aquário e, durante a assimilação, utilizam os nitratos dissolvidos na água.

A quantidade de plantas
Para fazer do aquário um prazer duradouro, calcula-se a quantidade de plantas necessárias, usando a seguinte fórmula:

comprimento (cm) x largura (cm)
50
 
Exemplo: para um aquário com 100 cm x 40 cm
   
100 (cm) x 40 (cm)
= 80 plantas
50
 

 

Para começar, recomendamos o uso de plantas de crescimento rápido, o que facilita uma maior purificação dos derivados do azoto que surgem na água.

Plantas recomendadas para iniciar

Simbologia:

Necessidades de Iluminação:

Muita luz
Luz média
Pouca luz

Tipo de crescimento:

Crescimento rápido
Crescimento médio
Crescimento lento

Plantas típicas para a parte anterior do aquário

Musgo de JavaAmazónio anãAracea

Plantas típicas para a parte central do aquário

NenufarLudwigiaEspada aquáticaCabombaAracea de Wendt

Plantas típicas para a parte posterior do aquário

AponogetonHelecho de SumatraElodeaVallisneriaVallisneria Gigante

 

Quando transportar plantas aquáticas, envolva-as em papel de jornal, húmido. O seu distribuidor dispõe, também, de bolsas especiais para este fim.

Agora, pode começar com a plantação, seguindo um plano previamente traçado.

Corte um pouco, as raízesPara favorecer o crescimento das plantas, corte um pouco todas as pontas das raízes e elimine as folhas secas, doentes e estragadas.

faça um buracoFaça, com o dedo, um furo na camada de areia, tratada com sera flioredepot.
Introduza com cuidado Introduza, com cuidado, as raízes no furo e cubra-o de novo com areia.
Aperte e puxe ligeiramente Aperte a areia e puxe ligeiramente a planta, para que as raízes se direccionem para o fundo.

 

Adubar, é condição imprescindível para um crescimento são.

Mediante o enriquecimento do fundo com sera floredepot, proporciona-se às plantas, todas as condições para que crescam e se desenvolvam com rapidez. Conforme a quantidade de plantas, os nutrientes mais necessários processam-se num prazo de 4 a 6 semanas.

Será, então, necessário, juntar estas substâncias, semanalmente pois não surgirá nenhum problema com o sistema de adubar sera. Há plantas, como por exemplo as cabombas, que assimilam as substâncias que necessitam, principalmente, através das folhas. A estas plantas, administram-se as suas doses, com o adubo líquido sera florena. Outras plantas, como por exemplo as criptocorines, satisfazem as suas necessidades nutritivas, preferentemente, através das raízes. Este tipo de plantas, precisa dum adubo como o sera florenette A, em placas, que se colocam dentro da camada de areia no fundo do aquário.

Sera florena e florenette AO melhor é adubar uma semana com sera florena, a seguinte com sera florenette A, e assim sucessivamente. Desta forma, está a fazer-se tudo quanto é possível pelas plantas, e a alimentá-las da melhor maneira. Depois de colocada a decoração e as plantas no seu sítio, introduz-se mais água até 2 cm da borda superior.

Não esquecer de completar a dose com sera aqutan e sera morena.

 

 

capítulo 6 Voltar ao índice capítulo 8

 

 

Mapa Completo do Site